7 dicas infalíveis para quem quer estudar em casa

54

1. Defina um lugar adequado para os estudos

Estudar em casa pode acabar sendo estressante se você não tiver um espaço adequado para isso.

Defina um lugar fixo que seja silencioso, confortável, e sem interrupções. Lembre-se: você passará grande parte do seu dia lá.

Mas atenção! Um lugar confortável demais pode te deixar com preguiça ou até com sono. A escolha é de um lugar para estudos, e não de descanso.

2. Certifique-se que sua conexão de internet é boa

Tão importante quanto definir um lugar adequado, é ter uma conexão de internet boa e estável.

Como você depende dela para assistir às aulas online, estudar e pesquisar o que for necessário, é essencial que a internet contribua para o seu sucesso e não seja um fator de estresse.

Para isso, você deve estar atento a alguns pontos:

  • tecnologia da internet:

Conexões a cabo ou fibra óptica são mais indicadas para quem assiste muitos vídeos ou precisa baixar arquivos pesados.

Já planos de internet 4G, como a banda larga da Sky, são mais indicados para quem precisa de uma rede móvel ou usa a conexão para atividades mais simples. Vídeos consomem rapidamente a franquia desses planos e a velocidade da sua internet ficará lenta facilmente;

  • local de instalação do modem:

Conexões a cabo são muito mais estáveis. Portanto, prefira conectar a internet diretamente ao seu computador.

Porém, se precisar usar o Wi-fi, tente ficar o mais próximo do modem possível;

  • Número de pessoas usando a rede ao mesmo tempo:

Quanto maior o número de dispositivos utilizando a internet, menor será a velocidade distribuída para cada um. Portanto, deixe as pessoas da sua casa cientes quanto aos seus horários de estudo, garantindo sua internet e evitando interrupções!

3. Use técnicas de concentração e produtividade

A técnica Pomodoro é bastante conhecida. Pode ser usada tanto nos estudos quanto no trabalho. Para aplicá-la é bem simples:

  1. Liste tudo que você precisa estudar no dia
  2. Coloque um cronômetro para tocar em 25 minutos. Durante esse tempo é essencial que você foque 100% naquela tarefa, sem interrupções.
  3. Passados os 25 minutos, descanse por 5 minutos. É essencial respeitar esse tempo porque ele é uma pausa.
  4. Depois de repetir esse processo 4 vezes, descanse de 15 a 30 minutos.

Além dessa técnica, existem cursos que te ensinam a ter foco e estratégias práticas de produtividade. Aqui no Learncafe, por exemplo, temos um curso gratuito e rápido (só uma horinha!) para te ajudar nisso.

4. Ouça música para estudar

Ouvir músicas pode te ajudar a concentrar e se manter concentrado.

Alguns professores indicam a escolha de músicas desconhecidas ou somente instrumentais para que você não comece a cantar sem perceber e assim acabe perdendo o foco nos estudos. Existem várias playlists gratuitas e próprias por aí, veja algumas que separamos:

5. Defina uma rotina de estudos

Mesmo com toda a flexibilidade que estudar em casa permite, ter uma rotina de estudos é essencial. Nessa fase, é importante você se conhecer e se entender para definir como serão os seus horários.

A definição de um horário para cada tipo de atividade ajuda o cérebro a se acostumar e a se preparar para o que será realizado (o famoso poder do hábito). Progressivamente você irá se acostumando, os estudos se tornando cada vez melhores e você vai ficando mais motivado para estudar. Para te ajudar, confira aqui nosso curso grátis de hábitos e disciplina.

Mas atenção! Definir uma rotina de estudos implica necessariamente em definir pausas. De acordo com o seu método de estudos, dê pausas regulares para se esticar, beber água ou comer algo.

Tenha cuidado para não cair na armadilha de checar o celular e perder a noção do tempo nele. O ideal são sempre pausas curtas para relaxar e te preparar para retomar às aulas.

6. Estabeleça metas para seus estudos

A definição de metas é um dos fatores que podem contribuir para o sucesso dos seus estudos.

Metas semanais, ao invés de diárias, podem ser melhores de se trabalhar pois elas permitem a distribuição ao longo dos dias. Além disso,  caso ocorra algum imprevisto (acredite, acontece com todo mundo) elas permitem realocar cada tarefa ao longo da semana.

Tão importante quanto estabelecer as metas, é sempre comemorar quando elas forem cumpridas. Calma, não é pra estourar champagne toda semana.

7. Evite distrações

Todos sabemos o quanto estudar às vezes pode ser a coisa menos interessante do seu dia. Mas como é necessário, certifique-se de deixar todas as possíveis distrações longe.

Desativar as notificações, ativar o modo avião ou até mesmo deixar o celular afastado de você, podem ser boas alternativas.

Outra dica é juntar todo o material necessário e colocá-lo próximo à você. Isso evita que você levante toda hora e acabe se distraindo com algo ou alguém. Computador, livro, caderno, estojo e um bom copo d’água são itens essenciais para você colocar na sua mesa desde o início.