Quer Aumentar seu Status? Comece Quebrando as Regras

98
quebrando as regras

O status é uma coisa engraçada. Quando você tem, as oportunidades são abundantes. Quando você não tem, elas são difíceis de encontrar.

Não importa se você é a pessoa mais inteligente, esforçada e talentosa. A menos que você se destaque dos seus colegas – e eles te respeitem – você não tem status.
Sem status, você será duramente pressionado para chegar à frente. Isso é porque as pessoas sem status raramente tem uma chance real naquelas oportunidades únicas na vida.

Então, o que as pessoas fazem quando não têm status?

Elas trabalham mais. Elas passam a vida seguindo as regras. Elas esperam seu tempo, esperando aumentar seu status lentamente, com a certeza de que isso vai acontecer. Elas fazem de tudo para se conformar, na esperança de que um dia elas sejam notadas. Mas a verdade é que isso raramente acontece.

Isso é porque sempre há “aquela” pessoa. Aquela que está sempre à frente no jogo. As pessoas os tratam diferente – melhor, mesmo – e para eles nunca faltam oportunidades.

No entanto, essas pessoas estão sempre quebrando as regras.

O que a ciência diz sobre regras e status

A capacidade de quebrar as regras e se safar com isso é um indicador chave que você tem status. Isso de acordo com um estudo publicado por Silvia Bellezza, Francesca Gino e Anat Keinan, professores em Columbia e Harvard.

Nós gastamos muito tempo tentando nos conformar e encaixar. Nós fazemos as coisas certas. Dizemos as coisas certas. Usamos as coisas certas. Nós compramos as coisas certas. Fazemos isso para sermos incluídos.

Mas só quando você atinge o status – que é ter uma posição mais elevada de respeito dentro de um grupo – você pode assumir os riscos que resultam em grandes recompensas. Você pode tomar liberdades extra sem medo de retribuição. Você pode desafiar sem punição.

Você pode ter visto isso em seu local de trabalho. É a pessoa que pode desafiar deliberadamente os processos. Que pode deliberadamente ignorar o código de vestimenta. Que pode deliberadamente perder reuniões. Que pode deliberadamente perguntar “por quê”?

Goste ou não, as pessoas com status definem suas próprias regras e geralmente ganham o jogo.

As Boas Novas: Você Pode ir para o Status Inicial

Se você tem o talento e culhões para sustentá-lo, você pode pular e iniciar seu status em qualquer grupo ou organização. Tenha cuidado, porém: Como uma bateria de carro, o salto não vai durar para sempre. Ele permitirá que você comece as coisas. Mas você deve ter habilidades necessárias para o manter. E isso é uma coisa boa. Caso contrário, este mundo estaria cheio de jogadores que não têm jogo.

Então, como você faz para começar seu status?

A ciência diz para quebrar deliberadamente algumas regras ou normas sociais do grupo, como se você já tivesse esse status. Você finge que tem até que você consiga.

Isso é porque quando você faz, você se torna uma profecia se auto cumprindo. As pessoas vão perceber que você tem status. Como sendo um que não se preocupa com as normas sociais. Como um que está confiante o suficiente para assumir riscos.

Eles vão recompensá-lo com o status, o que faz você entrar no jogo. Mas sustentá-lo depende de seus talento e habilidades.

(NOTA: Eu não estou falando sobre quebrar as regras mentindo, enganando ou roubando.)

Ainda precisa ser convencido a quebrar as regras?

Sim, o status é uma coisa engraçada e inconstante. Você pode gastar uma vida ganhando-o da maneira mais difícil, ou você pode ser corajoso e dar um salto para começar.

Ainda não está convencido de como os grandes líderes começaram seu status? Aqui estão algumas citações que podem mudar sua mente:

“Aprenda as regras como um profissional, então você pode quebrá-las como um artista.” – Pablo Picaso

“Você tem que aprender as regras do jogo. E então você tem que jogar melhor do que qualquer outra pessoa.” – Albert Einstein

“Regras são feitas principalmente para serem quebradas e são muitas vezes feitas para que os preguiçosos possam se esconder atrás.” – Douglas MacArthur

 

Artigo originalmente publicado aqui.

COMPARTILHAR